Remédio Caseiro para Compulsão Alimentar: em que casos usar?

Quando se fala em remédio caseiro para compulsão alimentar, o ideal é usar juntamente com a terapia, de forma a ter um efeito mais positivo.

Lembrando que, ela é uma doença mental, onde a pessoa tem que comer mesmo quando não está com fome e apesar de já estar satisfeita.

Muitas coisas estão por trás da compulsão alimentar. Geralmente o tratamento é multidisciplinar, sendo necessário o suporte psicológico.

Se você sofre com compulsão alimentar, saiba que existem alguns remédios caseiros que você pode tomar para reduzir a vontade de comer.

Por isso, vamos mostrar aqui alguns. No entanto, isso não substitui o acompanhamento médico!

Remédio Caseiro para Compulsão Alimentar

Além de conhecer remédio caseiro para compulsão alimentar, não se esqueça da importância de buscar ajuda de um psicológico, já que se trata de uma doença mental.

Às vezes, podem ser prescritos antidepressivos, ansiolíticos ou remédios que atuam no sistema nervoso, mas, somente sob orientação médica.

Isso porque alguns podem causar efeitos colaterais a longo prazo, o que requer um acompanhamento de perto.

Então, boa notícia é que existem alternativas naturais que ajudam a tratar a compulsão alimentar.

Remédio caseiro para compulsão alimentar – Alternativas naturais

A grande vantagem do remédio caseiro para compulsão é não provocar efeitos colaterais, diferentemente de medicamentos alopáticos, por exemplo.

Algumas alternativas naturais incluem:

Sementes de chia; colocar nas refeições;

Chá de Passiflora;

Spirulina;

Guaraná natural;

Sementes de abóbora;

Aveia.

Portanto, todos esses ingredientes provocam saciedade e diminuição do desejo de comer.

Assim, quem tem compulsão alimentar, não vai precisar comer muito para se sentir satisfeito.

Compulsão alimentar – Como controlar

Além da terapia e do remédio caseiro para compulsão alimentar, existem alguns truques que ajudam a controlar:

Comer alimentos ricos em fibras, pois dão saciedade por mais tempo;

Toda vez que for atacar a geladeira, escreva o que está sentindo;

Beber muita água;

Corte todos os alimentos industrializados;

Sempre Fazer exercícios físicos ;

Não esqueça, para lidar com a compulsão alimentar, a pessoa precisa de um suporte psicológico, assim como o acompanhamento de um clínico geral, nutrólogo ou endocrinologista para cuidar de sua alimentação.

O importante é contar com ajuda profissional durante todo esse processo!

Você pode gostar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *