Evite a obesidade com 7 preciosas dicas de alimentação

O número de pessoas com sobrepeso no país vem aumentando drasticamente, onde a busca por evitar a obesidade só aumenta.

O Guia Alimentar da População Brasileira diz que uma a cada três crianças e um adulto a cada dois sofre com obesidade.

O Ministério da Saúde associa este número elevado ao crescimento no consumo de alimentos ultra processados e ao sedentarismo.

Alguns profissionais da área de saúde entendem a obesidade como um mal duradouro que se origina de diversos fatores, como, por exemplo, elementos genéticos, ecossistêmicos e a maus hábitos.       

Segundo a Organização Mundial da Saúde uma pessoa é considerada obesa quando o seu IMC é superior a 30kg/m2.

No entanto, é necessário lembrar que a nutrição vai muito além de valores, ela é definida também com base no estilo de vida de cada pessoa.

Portanto, não basta emagrecer, é preciso emagrecer mantendo a saúde e uma nutrição adequada. Por isso vamos te apresentar 7 dicas de hábitos para evitar a obesidade.

De preferência sempre a compra de alimentos naturais

Hoje em dia, uma das coisas que mais acabam causando problemas de saúde, como a obesidade, são as famosas comidas processadas.

Dessa forma, procure lugares onde é possível adquirir comidas naturais ou minimamente processadas.

Por exemplo: as feiras ao ar livre são uma grande opção, uma vez que grande parte dos alimentos são totalmente in natura.

Além disso, geralmente essas feras são locais onde você pode acabar comprando também em um preço bem mais baixo.

Deixe para comprar nos supermercados apenas o básico e essencial.

Evite ao máximo os industrializados.

Faça suas refeições em locais tranquilos

Prefira realizar suas refeições na mesa ou então em um ambiente organizado, calmo e se possível, na companhia de colegas e familiares.

Assim, isto fará com que você se alimente com tranquilidade e foco.

Compartilhar alimentação e se alimentar com calma vão aumentar a sua satisfação, podendo evitar a obesidade e diversos outros problemas.

Entretanto, o contrário disto fará com que você se alimente em maior quantidade e ajudará no ganho de peso e no surgimento de doenças.

Diminua ao máximo o consumo de alimentos de origem animal

Pessoas com problemas cardíacos devem evitar o consumo destes tipos de alimentos, uma vez que apresentam elevado teor de gorduras ruins.

Entretanto, este grupo alimentar é rico em proteínas, vitaminas e minerais e precisa estar presente nas principais refeições do dia.

Portanto, o ideal é consumir as carnes com maior cautela e em menores quantidades.

Desse modo, você garante os benefícios sem colocar a saúde em risco.

Cuidado com as propagandas

As propagandas de alimentos não saudáveis tendem a ser enganosas, vagas ou mentirosas.

Assim, por conta delas, a escolha entre alimentos saudáveis e os ultras processados tende a ser mais difícil.

Logo, para evitar a obesidade, o ideal é sempre verificar os ingredientes da mercadoria, na busca de evitar as propagandas enganosas.

Alimentos não saudáveis são resumidamente aqueles que em seu rótulo estão contidos mais de cinco ingredientes e com nomes poucos comuns.

Na verdade, se tem embalagem desconfie, os melhores alimentos são aqueles consumidos in natura, e que geralmente não vem de uma indústria diretamente.

Cuidado com açúcares, óleos e sal

Todos esses produtos são usados para realçar o sabor dos alimentos.

No entanto, é preciso que estas especiarias sejam utilizadas com cuidado, uma vez que seu consumo excessivo do sal, por exemplo, pode causar diversos problemas de saúde, como a hipertensão.

Por conseguinte, o açúcar também, principal causador da diabete, deve ser ingerido com cuidado, afim de evitar esses tipos de problemas.

Por fim, essa é uma das principais alternativas para evitar a obesidade, hipertensão, sobrepeso e diversas outras coisas causadas por essas coisas.

Cozinhe a sua própria refeição

O ato de cozinhar vai ajudar a diminuir o consumo de alimentos não saudáveis e aumentar o consumo de alimentos naturais.

Dessa forma, se você tem pouco tempo livre uma boa dica é preparar as refeições em um único momento e congelar para consumir sempre que quiser.

Mesmo congelados os alimentos preparados em casa são muito mais saudáveis do que os encontrados no supermercado.

Até porque, você mesmo produz, coloca os ingredientes naturais, reduz gorduras e açúcares, sendo algo muito mais saudável.

Prefira os vegetais e frutas

Começa a se alimentar com mais hortaliças, legumes e frutas. Além de muito saudáveis eles são bem saborosos.

Então, experimente novos sabores e receitas, você vai se surpreender com o quanto pode gostar desses novos alimentos.

Esses tipos de alimentos são essenciais e indispensáveis para uma vida saudável, e a prevenção contra doenças, como a diabete.

Considerações finais

Evitar a obesidade, hipertensão e diversos outros problemas é possível, onde uma alimentação saudável e diferente já é um grande aliado.

Então, o que você está esperando para garantir o seu bem-estar e evitar grande diversos problemas?

Gostou? Compartilhe!

Você pode gostar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *