Whatsappinite: O que é e como você pode tratar esse problema

Você já ouviu falar em whatsappinite? É isso mesmo, o nome não está errado.

Caso não, essa é basicamente uma nova categoria das tendinites que muitos especialistas estão chamando dessa maneira.

O causador do problema é justamente o uso excessivo do celular, principalmente em aplicativos como o WhatsApp.

Uma pesquisa realizada pela App Annie, uma das maiores agências do mundo no ramo, mostrou que o brasileiro passa em média 3 horas e 45 minutos por dia mexendo no celular.

Sendo assim, isso colocou o Brasil na terceira posição entre os países que mais usam smartphones no mundo.

Ou seja, dados como esses mostram o quanto temos gasto nosso tempo de maneira errada, e com a descoberta dessa “nova tendinite” podemos ver os prejuízos do uso exacerbado do aparelho.

Mas, talvez você se pergunte nesse momento: como reconhecer se tenho whatsappinite? Quais os seus sintomas?

Portanto, nesse artigo, mostraremos a você tudo sobre a whatsappinite, mostrando seus principais sintomas e qual o tratamento para esse problema.

Sintomas da whatsappinite

A tendinite é uma doença já muito conhecida que tem como principal sintoma a dor intensa causada pela inflamação do tendão.

Normalmente ela ocorre em pessoas que trabalham com atividades que exigem movimentos repetitivos.

Assim, com a whatsappinite não é diferente, o tendão do polegar ou da mão inflamam causando a dor.

Portanto, para começar é preciso ficar atento a qualquer sintoma diferente que surgir após um longo período usando o celular.

Para entender melhor, normalmente, os principais sintomas são:

Dor do polegar

O WhatsApp é um aplicativo de mensagem, por isso a maior parte do tempo que usamos a ferramenta é digitando.

A dor no polegar se torna o principal sintoma, justamente pela grande repetição dos movimentos.

Então, querendo ou não essa acaba sendo um dos sintomas mais comuns da whatsappinite

Dor nas mãos

A dor nas mãos também é bem característica, principalmente na junção da palma com o dedão.

Até porque, esse é o local onde o celular é acomodado para a digitação.

Então, para você ter uma ideia, em momentos de muita dor é difícil até mesmo fechar as mãos.

Dor no pescoço

Quem digita em pé ou andando costuma inclinar a cabeça para baixo para enxergar melhor a tela do smartphone.

Portanto, essa posição causa dores no pescoço e desconforto até mesmo em toda a coluna.

Dor de cabeça

Muitas horas olhando para a tela do celular e lendo mensagens causa dores de cabeça e cansaço excessivo.

Dessa forma, isso acontece tanto pelo excesso de informações recebidas em um curto espaço de tempo, como devido a luminosidade.

Vista cansada

As vistas também se cansam após muitas horas na frente na luz do celular.

Nesse sentido, é bem comum depois de horas no WhatsApp sentir vontade de fechar os olhos por alguns minutos.

Lembrando que esses dois últimos sintomas não estão diretamente relacionados à whatsappinite, mas são sinais de que você está extrapolando o tempo ideal de uso do smartphone e que o problema pode estar próximo.

Até porque, no início todos os sintomas são passageiros e em pouco tempo as dores desaparecem. Mas com o uso exagerado por muitos dias as dores podem se tornar piores, assim como na tendinite já conhecida.

Tratamentos para whatsappinite

Se você quer evitar a whatsappinite, um dos primeiros passos que você deve seguir, e essenciais, é diminuir o tempo de uso do celular.

Porque, apesar do nome ser relacionado ao WhatsApp, a doença não se restringe a esse aplicativo.

Ou seja, você pode vim a ter esse problema em outros aplicativos famosos, como o Telegram ou até mesmo Instagram.

Então, reduza o tempo de tela e tente controlar a quantidade de horas que passa acessando as ferramentas do seu smartphone.

Apenas observar e anotar as horas gasto já vão te ajudar a reduzir esse tempo.

Caso as dores já estejam fortes e mais constantes o recomendado é procurar ajuda médica para saber se existe a necessidade de usar medicamentos.

Além disso, quando o tratamento medicamentoso é indicado os anti-inflamatórios são a solução, mas claro, com autorização de um médico.

E, por fim, para os casos mais graves, a fisioterapia é indicada para aliviar as dores, retornar o movimento natural do membro e ajudar a evitar o problema.

Considerações finais

Se você não conhecia a Whatsappinite, saiba que esse é um problema comum, e que cada dia mais vem crescendo em todo o mundo.

Então, evitar o uso exagerado do celular vai lhe ajudar a evitar esse problema, e assim ter um bem-estar maior, evitando as dores do uso.

Você pode gostar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *